Reader Comments

Construções Funcionais E Cheias De Personalidade

"Pedro Joao Pedro" (2018-03-06)

 |  Post Reply

plataforma elevatoria

A arquitetura é uma arte que detém história e que afeta o jeito de vida de diferentes maneiras, em conclusão como alterar a maneira de meditar e desenvolver moradias sem modificar a maneira de habitá-las e vice-versa? Paralelamente, pra aqueles que possuem uma rotina apertada, os espaços menores têm sido uma solução. Seja apartamento ou residência, as atividades diárias são facilitadas em áreas reduzidas, sem deixar a pretender no quesito conforto.


Pensando nisso, como pôr a arquitetura moderna, feita e pensada pro nosso tempo, em ambientes menores? Conheça as singularidades da arquitetura moderna e acesse informações e inspirações pra traduzir esse estilo em fachadas, áreas verdes e interiores de casas pequenas. O excesso não traduz os anseios desse estilo! Camila ao comentar as características da arquitetura moderna e isso vale para todas os espaços da residência.


As fachadas modernas se mostram pelas linhas retas, a inexistência de telhado e as cores neutras. Quanto ao direcionamento, as casas podem ser em tal grau horizontalizadas quanto dispostas pela vertical, contando, neste caso, com mais de um caminhar. As janelas e portas bem como se apresentam em modelos geométricos e tamanhos amplos. O jardim é parte integrante da fachada, visto que as construções de meio terreno são comuns nesta linha arquitetônica e as áreas verdes contrastam com a neutralidade da residência, harmonizando o visual. Elementos vazados, madeira e vidro também são com facilidade encontrados em construções modernas e concedem à obra um toque especial.


Já quando tratamos das áreas verdes e de lazer, entra em cena outro ponto primordial para a construção de um visual agradável para a residência: o paisagismo. Alexandre Zebral, paisagista e proprietário da Zebral Paisagismo, esclarece que o jardim vai além das plantas e tem o poder de substituir o clima da moradia e disseminar a personalidade de seus habitantes.


Para compor os padrões urbanísticos-sociais atuais, onde surgem novos elementos como carros, ciclovias, casas e condomínios, que exigem uma arquitetura muito execução, existe um grande desafio para o paisagismo moderno. Acredito que o segredo é escoltar os regulamentos do vasto paisagista Burle Marx: o emprego de modos geométricas livres, vegetação nativa e abdicação das topiarias. Um jardim com muitas curvas se integra com edificações modernas de tal forma que são implantadas ‘obras de arte’ na cidade.


As plantas nativas não sofrem com pragas e a manutenção é mínima nos canteiros", defende. No momento em que questionado sobre a aplicação do paisagismo moderno em ambientes pequenos, Alexandre aponta os jardins verticais como solução e anuncia existirem especialistas deste conteúdo capazes de encontrar composições certeiras para todas as necessidades. Prontamente com relação a seleção das plantas, além de suportar a valorização das espécies nativas, aconselha se apoiar no sentimento do espaço. Devemos notar a ‘alma’ do ambiente, desde as cores das paredes, estilo da construção, objetos e, afinal, a seleção da vegetação.


Uma dica é se observar às formas das folhas. Existem truques famosos quando se fala de espaços pequenos, como abusar de espelhos, usufruir de forma inteligente os cantos, apostar em pisos com peças maiores e longas e investir nas cores claras. Pela hora de refletir a decoração e a aplicação dos espaços, a especialista Camila Muniz aconselha levar em conta a atividade do cômodo e selecionar os equipamentos a partir disso de forma mais racional.


A funcionalidade rege as características nesse modo, o design se faz aprender de forma clara e sinaliza o uso. A sala de estar, como por exemplo, necessita ter o mobiliário o mais confortável possível, afinal é o exercício ao qual se destina", explica. Com relação aos pequenos ambientes, é fácil pensá-los de forma funcional, no fim de contas não existe espaço pra móveis ou itens dispensáveis.


Só é necessário olhar-se aos espaços destinados à circulação e manter o equilíbrio entre a funcionalidade e o conforto. Eu não poderia me esquecer de mencionar um outro blog onde você possa ler mais sobre o assunto, talvez imediatamente conheça ele contudo de cada forma segue o link, eu adoro extremamente do tema deles e tem tudo existir com o que estou escrevendo por essa postagem, veja mais em aluguel de plataforma elevatória. Os ambientes integrados são uma interessante forma de aproveitar o espaço e torná-lo multiuso, potencializando tua funcionalidade. Ambientes integrados bem como são mais aconchegantes, já que permitem o contato entre os habitantes da casa, mesmo que estejam, de direito modo, em cômodos diferentes. Além disso, a partir da integração, é possível igualar as linhas decorativas dos ambientes e gerar uma identidade mais estabelecida para a moradia. As linhas retas e longas são características desse tipo arquitetônico, apesar de não ser possível em abundantes móveis longos em ambientes pequenos, Camila orienta que é possível horizontalizar as composições.


Você poderá investir em um ingrediente estratégico em cada cômodo, como uma pia mais longa ou um armário de cozinha sem divisões externas, um tapete ou um sofá longilíneo. Estas são outras promessas para preencher o espaço com um menor número de móveis, priorizando a sobriedade e a função das coisas, e montar a consciência de amplitude no local por intermédio da linhas. Com somente quarenta e cinco m², este projeto é um incrível modelo do uso da fachada geométrica e horizontal mesmo em casas pequenas. A planta é composta por apenas um módulo que se divide internamente entre áreas de convivência, de descanso e destinadas à alimentação, no entanto a toda a hora pensando a integração dos ambientes.


A primeira dica antes de tudo, é necessário poupar, ter em mente que um reforma gasta muito e assim é necessário economizar de todas as maneiras. Antes de começar tua reforma, procure por um profissional que saiba realizar o serviço que você deseja e devolva tua obra de acordo com o esperado. É ter em mente o que possa ser fazer na sua residência, ou seja, se deseja ter uma casa rústica, moderna ou continuar com o padrão mais antigo, contudo reformado.


  • A dívida só é amortizada depois do período inicial, em média 6 anos
  • um Decoração com Papel Contact pela parede1.1 Cozinha
  • Monte sua galeria
  • Gosto de ver televisão em meu quarto? Ou prefiro trabalhar no pc
  • Comprovante de cadastro no CADÚNICO, se houver
  • Passo a passo: Aprenda a fazer máscaras de carnaval em EVA
  • Casa saudável
  • Balcao americano

Seleção uma tinta que seja a cor da moda, como cores mais claras ou tons mais escuros, desde que sejam utilizados próximo com as cores claras. Comece reformando por dentro da casa, reforme primeiro os cômodos antes de comparecer para a fachada. Finalize tua reforma com a fachada. Para quem deseja deixar a casa moderna, conseguirá utilizar alguns equipamentos de construção que realizam quota das casas modernas de atualmente, tendo como exemplo, o vidro, a madeira. A reforma dentro da casa pode ser feita de muitas formas. Para quem quer modificar o interior, decorar a parede, porém não quer fazer sujeira, poderá utilizar o papel de parede que é de simples aplicação e muda inteiramente o visual.


Pra reformar o piso, basta obter aqueles pisos que são capazes de ser colocados por cima dos que neste instante existem pela moradia pra não fazer sujeira e facilitar o modo da troca de piso. Se os seus móveis bem como são antigos, você será capaz de reformá-los. Quando se trata de móveis antigos, oferece pra restaurá-los em seu formato original ou deste jeito modernizá-lo. Ao reformar uma residência muito antiga, é necessário tomar cuidado com a infraestrutura da mesma, isto é, investigar se a casa suporta uma reforma. Ao reformar, seja sustentável, procure economizar algumas coisas, como os móveis por exemplo que agora dissemos como fazer a reforma.



Add comment